A ignorância dos adeptos aos movimentos modernos

0
239

Que os nossos dias estão chegando ao fim já não é novidade para ninguém que tenha um minimo de conhecimento da Bíblia. Basta ver os noticiários e ver que é evidente que a bíblia esta se cumprindo palavra por palavra. Porém, isso não significa que temos que ficar alheio as coisas ao nosso redor, sendo passivos ao que esta acontecendo à sociedade ao nosso redor.

A Bíblia deixa claro que no final, o amor de muitos se esfriaria por se multiplicar a iniqüidade (Mat. 24:12), porém, o que temos visto é uma “verdadeira falsa” no meio dito  como ”gospel”, termo este que começou a ser usado a alguns anos aqui no Brasil.

O nome em si não diz nada de mais – até porque, é o nome deste site. O problema esta no que as pessoas, sem perceber, carregam com este nome. Sim! Gospel é uma palavra moderna! Uma modernidade falsa, hipócrita, ignorante e totalmente alheia a verdadeira Palavra de Deus.

Nunca vi tanta gente sem o conhecimento apropriado da palavra falar como se fossem grandes preletores ou mestres no ensinamento. O pior é que quase sempre falam bobagens e usam textos desconexos para tentarem fazer um “movimento” emocional nas pessoas.

“Pastores” e “Pastoras” que foram “consagrados” sabe-se lá por quem (muitas das vezes por eles próprios), estão por ai abrindo igrejas e enganado a muitos. Enganando pessoas que geralmente não se deram bem em alguma igreja e resolveram buscar em outra, o preenchimento do vazio espiritual que só Cristo pode dar. São “pastores” que se aproveitam destas fragilidades usando de doutrinas fúteis e heréticas a seu bel prazer. São os tais “pastores”  que nunca foram submissos querendo submissão, liderando sem nunca gostarem de serem lideradas. Falsos líderes que não foram consagrados por Deus, enganando a muitos, consagrados por homens.

Jeremias serviu como profeta de Deus em Jerusalém numa época em que a cidade estava cheia de idolatria, imoralidade, corrupção e derramamento de sangue inocente. (Jeremias 7:8-11) Ele não era o único profeta ativo na época, mas, em sua maioria, os outros eram interesseiros e corruptos. Em que sentido? o Senhor diz: “Desde o profeta até mesmo ao sacerdote, cada um age de modo falso. E tentam sarar superficialmente o quebrantamento do meu povo, dizendo: ‘Há paz! Há paz!’ quando não há paz.” (Jeremias 6:13, 14).

Como nos dias de Jeremias, existem hoje falsos pastores e falsos cantores que dizem representar a Deus; mas eles também furtam as palavras de Deus, pregando coisas que desviam a atenção das pessoas do que Deus, por meio da Palavra, realmente diz.

Pastores e cantores gospel com discursos repetitivos de textos bíblicos que foram aplicados a Israel sendo usados para vender ilusão aos que buscam alívio. Criam campanhas ou correntes de oração, visando exclusivamente encher seus templos e as contas correntes de suas igrejas. Existem ainda aqueles que vendem terra, pedras, óleos e outras bugigangas dizendo terem vindos supostamente de Israel, lubridiando o povo com promessas de curas que nunca virão. Pastores com uma retórica humana extremamente aguçada, fazendo teatro no púlpito, levando o povo a rir, e até mesmo envergonhado aos seus discípulos.

E os cantores? Buscam ser famosos mas continuam com suas vidas espirituais totalmente destruída. Casamentos de fachada estão virando moda em nosso meio. Sem contar os que gravam CDs e DVDs em Israel e querem nos vender que isso nos trará uma maior proximidade com Deus. Loucos ou espertos? Claro que são espertos, enganando aos incautos e desconhecedores da verdadeira Palavra de Deus e a si próprio. Como combatê-los? Lendo a Bíblia. Somente o Espírito Santo de Deus poderá dar a cada um de nós o discernimento para conhecer estes tais no nosso meio.

Não quero aqui denegrir pastores ou cantores ou mesmo igrejas, até porque, sabemos que existem pessoas e igrejas muito sérias no meio evangélico e são exatamente estas pessoas que estão sendo prejudicadas e comparadas pela sociedade como charlatões. Na verdade, os verdadeiros pastores e cantores estão pagando a conta pelos falsos e enganadores do evangélico de Cristo. Não precisamos de mais igrejas, mais placas, mais títulos. Precisamos de mais amor pelo próximo e a santificação que a Palavra de Deus nos ensina, sem a qual NINGUÉM verá a Deus (Hb 12:14).

Hoje a nossa preocupação é com nossas imagens nas redes sociais, enquanto nossa imagem com Deus esta cada vez mais distorcida, devido ao fato de não lermos mais a Bíblia (Mat 22:29-30) e por conta disso, somos enganados por doutrinas vãs e satânicas que tem o objetivo direto de corroer  nossas vidas espirituais, sem que percebemos, até o dia em que nada mais será pecado para nós.

Porém, ainda há tempo para mudar, para dar uma guinada de idéias e pensamentos. Ler a Bíblia é fundamental para iniciar uma recuperação espiritual. O pecado separa-nos de Deus, porém o quebrantamento espiritual, o perdão de nossos pecados nos aproxima Dele (2Cron 7:14).

Fique atento aos sinais! Nunca aceite idéias ou normas estranhas que não estejam clara na Bíblia. Na dúvida procure ajuda. Procure uma igreja séria, um pastor sério.

JPSantos

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui